Saltar para o conteúdo

Esposos e Pais Exemplares: Settinio Manelli e Licia Gualandris

Quando os padres conciliares, do Vaticano II, escreveram que os esposos cristãos “se ajudam, um ao outro, para atingirem a santidade na vida conjugal” (Lumen gentium, 11), estavam conscientes de que apresentavam de novo uma doutrina antiga, desgastada pelo tempo, mas talvez nem mesmo eles pensassem nos numerosos e extraordinários testemunhos que surgiriam nos decénios sucessivos, confirmando, com a marca da graça a sua penetrante intuição teológica.

1.00

Quando os padres conciliares, do Vaticano II, escreveram que os esposos cristãos “se ajudam, um ao outro, para atingirem a santidade na vida conjugal” (Lumen gentium, 11), estavam conscientes de que apresentavam de novo uma doutrina antiga, desgastada pelo tempo, mas talvez nem mesmo eles pensassem nos numerosos e extraordinários testemunhos que surgiriam nos decénios sucessivos, confirmando, com a marca da graça a sua penetrante intuição teológica.

200 em stock

Descrição

Quando os padres conciliares, do Vaticano II, escreveram que os esposos cristãos “se ajudam, um ao outro, para atingirem a santidade na vida conjugal” (Lumen gentium, 11), estavam conscientes de que apresentavam de novo uma doutrina antiga, desgastada pelo tempo, mas talvez nem mesmo eles pensassem nos numerosos e extraordinários testemunhos que surgiriam nos decénios sucessivos, confirmando, com a marca da graça a sua penetrante intuição teológica.

A vida dos cônjuges Manelli, que Raffaele Iaria apresenta neste opúsculo com uma linguagem sóbria e essencial, insere-se na via da santidade. A sua existência foi percorrida por fachos de luz extraordinária; basta pensar na particular relação com o Padre Pio de Pietrelcina, mas também pelas trevas de um período histórico bastante atormentado e que foi causa de não poucos problemas para a família Manelli. Guiados pela luz de Deus, Settimio e Licia aceitam com paciência as provações e os sofrimentos, não esquecendo nunca o apelo que São Paulo dirige aos Filipenses de brilhar como “astros no mundo”. (Fil 2, 15). O generoso acolhimento da vida, bem acima dos cânones de um período em que o número dos filhos era normalmente elevado, é sinal daquela confiança na Providência que deveria ser a regra de vida para qualquer cristão.

Um opúsculo não pode ter a pretensão de aprofundar a vida desta família, mas tem a vantagem de oferecer as coordenadas essenciais, quanto basta para despertar a curiosidade de saber muito mais. É uma pequena janela que se abre para um mundo, o da santidade conjugal, que vale a pena conhecer para reconhecer as grandes obras que Deus realiza nos humildes.

Autor: Rafaela Iaria

36 páginas

12 x 17 cm

grafado

Informação adicional

Peso 0.015 kg

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Visite o nosso Blog